NOTÍCIAS Transtorno de Personalidade Anti-Social
Transtorno de Personalidade Anti-Social

Transtorno de Personalidade Anti-Social

 

O que é o Transtorno de Personalidade Anti-Social?

Transtorno de personalidade antissocial é um tipo de condição mental crônica em que os caminhos de uma pessoa pensar, de perceber as situações e relacionar com os outros são disfuncionais e destrutivo. 

Pessoas com esse transtorno tipicamente não fazem distinção entre certo e errado, muitas vezes ignoram os direitos, desejos e sentimentos dos outros. Tendem a hostilizar, manipular ou tratar as pessoas duramente ou com indiferença. Eles podem muitas vezes violar a lei, aterrissando com problemas frequentes, mas eles não mostram nenhuma culpa ou remorso. Eles podem mentir se comportam violentamente ou impulsivamente. 

Por este e outros motivos, os especialistas se dividem se o transtorno seria o mesmo que a psicopatia.

 

Sintomas

Os Sintomas do transtorno de personalidade antissocial podem começar na infância e são totalmente evidentes para a maioria das pessoas durante os seus 20 e 30 anos.

Em crianças, a crueldade com os animais, o comportamento bullying, impulsividade ou explosões de raiva, isolamento social, e mau desempenho escolar podem ser, em alguns casos, os primeiros sinais da doença.

Pessoas com transtorno de personalidade antissocial tem um comportamento específico, que leva em conta os sentimentos das outras pessoas. Veja, a seguir os principais sintomas desse transtorno:

- Desconsideração por o que é certo ou errado;

- Uso persistente de mentiras e fraudes para explorar os outros;

- Uso de charme ou sagacidade para manipular os outros em prol de si mesmo;

- Egocentrismo, senso de superioridade, vaidade e exibicionismo;

- Dificuldades recorrentes com a lei;

- Abuso ou negligência com crianças;

- Hostilidade, irritabilidade significativa, agitação, impulsividade, agressão ou violência;

- Ausência de empatia com as outras pessoas e de remorso por prejudicar os outros;

- Comportamentos perigosos;

- Relacionamentos pobres ou abusivos;

- Comportamento irresponsável no trabalho

Dificuldade em aprender com as consequências negativas de seu comportamento; 

 

Causas

– Genética. Estas tendências herdadas são aspectos da personalidade de uma pessoa repassados pelos pais, tais como timidez ou ter uma perspectiva positiva. Isso às vezes é chamado temperamento.

– Ambiente. Isso significa que o ambiente de uma pessoa cresce em eventos que ocorreram, e as relações com os membros da família e outros.

 

Tratamento

O tratamento do transtorno de personalidade no geral engloba psicoterapia. Medicamentos podem ser usados no tratamento de comorbidades, como depressão e ansiedade, mas não existem medicamentos indicados apenas para o tratamento desse tipo de transtorno. Em geral, para o transtorno de personalidade antissocial, mudanças comportamentais são muito importantes. Por isso mesmo terapia comportamental é importante nesses casos.

No entanto, o tratamento do transtorno de personalidade antissocial é o mais difícil de ser tratado. As pessoas com esse transtorno tendem a usar a terapia como uma forma de evitar consequências negativas para se comportamento ilegal ou negligente ou para evitar as responsabilidades de seus atos.

Além disso, identificar desde cedo que a criança tem traços de personalidade antissocial pode ajudar no tratamento precoce do transtorno de conduta, evitando que ele evolua para transtorno de personalidade antissocial, ou pelo menos impedindo o problema de ser tão grave.

 


Autora:
Psicóloga Nayara Catenacci

CRP: 08/24302
Precisa de ajuda?
Então esta esperando o que? Agende um horário!